domingo, 24 de abril de 2011

Highway To Hell


Estava vendo as letras/traduções de algumas músicas no Terra hoje e eis que nesse clássico do AC/DC Highway to Hell (Auto estrada para o Inferno) deparei-me com um comentário muito legal de um fã:

"Eles tocavam essas músicas não por serem satânicos, mas por serem irreverentes. É isso que está faltando hoje! Droga de politicamente correto".

Eu não teria comentado melhor. Rock and Roll é isso. Não é fazer culto ao demônio (é certo que certas bandas façam), mas falar de coisas que as pessoas tem medo de falar. The number of the Beast do Iron Maiden é um dos maiores hinos do metal, sem dúvida. Fala do número da "Besta". Mas em nenhum momento fala que devemos nos curvar a Satã. Isso é coisa da igreja que, antigamente, só por uma banda ter um som pesado já era caracterizada satânica. Hoje ainda existe esse preconceito. Culpa de pessoas com a mente pequena e fechada. E de falsos pastores.
O AC/DC que tem como significado apenas Alternating Current/Direct Current "Corrente alternativa/Corrente direta", nome achado na máquina de costura da irmã de Angus Young, segundo malucos religiosos quer dizer Anti Christ/Devil’s Children” ou Anti-Cristo/Filhos do Demônio". Dá para acreditar????

Quero que se fodam os "politicamente corretos".


E continuemos andando pela HIGHWAY TO HELL. 

Um comentário:

Lucas Rigatto disse...

Mano...muito loko da sua parte e do outro brother ai!isso ai mesmo,rock está ligado a diversão e o lazer e não ao peta